Exchange Sul Coreana Compensará Seus Clientes Após Relatos de Roubos

A maior exchange de Bitcoin e Ethereum da Coréia do Sul compensará os usuários dias após noticiar que os sistemas de dados do site estavam comprometidos.

Um relatório do serviço de notícias regional Yonhap na segunda-feira indicou que cerca de 30 mil clientes de Bithumb foram impactados. A fonte do vazamento de dados acredita-se que tenha sido o computador de um funcionário, levando ao roubo de fundos de um número desconhecido de contas dos usuários.

Veja também: Invista em Mineração de Bitcoins com a HashFlare

De acordo com dados da CoinMarketCap, Bithumb é atualmente a quarta maior exchange de bitcoin por volume, representando cerca de 3% do mercado global. Ela é a maior de ethereum hoje, com cerca de 13,5% do volume total negociado no dia.

Veja também: Quer comprar e vender Bitcoins? A Binance já está aceitando brasileiros!

Embora a exatidão das perdas não seja conhecida, a Bithumb disse em uma publicação no blog hoje que está fornecendo 100 mil won coreanos – vale cerca de US $ 86,50 no tempo de imprensa – para cada cliente afetado.

Os relatórios locais indicam ainda que o incidente ocorreu em fevereiro e foi relatado pela primeira vez às autoridades no final do mês passado. Um usuário local afirmou ter 10 milhões de won coreanos, no valor de aproximadamente US $ 8.700, retirados de sua conta.

A exchange disse que compensará ainda mais os usuários cujos fundos foram roubados como resultado do vazamento de dados.

“Além disso, para os membros que sofrem danos adicionais devido a este incidente, compensaremos a totalidade dos danos de forma responsável”, disseram os operadores da Bithumb.

O incidente foi relatado às autoridades locais, de acordo com Yonhap, resultando nos estágios iniciais de uma investigação pela Korea Internet and Security Agency. Um funcionário sem nome disse à publicação que a Comissão de Comunicações da Coréia também está envolvida na investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.